Copyright©soempalavras

Translate

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Nem todo tempo

Há de desfazer
O sonho e a
Vontade
Nada apaga
A força na
Lembrança
São afagos
Sorrisos de vez
Em vez
E assim nada
Muda
O sentido dos
Sentidos
Aguçados
Um no outro
E um pelo outro
Nada desfaz essa
Água na Boca
Catiaho Alc.
11 de julho de 2016
11:48h
Copyright©soempalavras

Total de visualizações de página